Subcribe

Meu stress evaporou depois de uma semana tomando a água de Františkovy Lázně

Todos os dias durante a semana que passei na histórica cidade termal de Františkovy Lázně (República Checa), segui a mais gloriosa das rotinas. À luz da manhã, eu acordava ouvindo o som das famosas águas subterrâneas subindo por um cilindro de vidro bem ali no meu quarto. Ao abrir os olhos, ainda embaixo das cobertas, a primeira coisa que eu via da minha cama era a água subindo borbulhante das profundezas da terra, clara e cintilante. Então, ainda meio sonolenta, eu pegava meu copo de água termal especial, enchia-o no cilindro e tomava um longo gole. A água, fria e borbulhante, carregada de minerais saudáveis, sempre parecia despertar em mim uma sensação de rejuvenescimento, como se estivesse ajudando meu corpo a se livrar de todas as toxinas, reabastecendo-o com o que há de melhor na terra.

Então, ainda em um estado de bem-aventurado descanso, eu caminhava até o spa principal do meu hotel: uma série de grandes e cintilantes piscinas, com fontes jorrando por baixo e pequenas cascatas caindo por cima. Conforme mergulhava meu corpo na água, podia sentir cada músculo relaxando, cada nó nos meus ombros ou nas costas se desfazendo. Sem peso, quase como se a gravidade não mais existisse, eu nadava lentamente pela água, sem ouvir nada além do reconfortante chiado e dos respingos à minha volta.

Františkovy Lázně I. ©Destinační a informační agentura Františkovy Lázně
A histórica cidade termal de Františkovy Lázně, ©Destinační a informační agentura Františkovy Lázně.

Depois de mais ou menos uma hora vagando por aquelas piscinas incríveis é que eu tomava o café da manhã. Às vezes, eu o tomava no meu quarto, que tinha uma linda vista para o calçadão central da cidade. Outras, sentava em uma mesa ao lado da janela do restaurante do hotel. Em qualquer um desses lugares, a localização formava um cenário maravilhoso para uma deliciosa refeição com frutas frescas, doces quentes assados ​​naquela mesma manhã e café de torra média. Depois de apenas alguns dias dessa rotina matinal, parecia que todos os poros da minha pele estavam hidratados e, talvez o mais importante, todo e qualquer indício de stress que eu pudesse ter quando cheguei havia desaparecido como fumaça que tivesse evaporado.

Descobri Františkovy Lázně graças ao conselho de Petra, minha amiga tcheca. Depois de alguns meses especialmente difíceis no trabalho, Petra sugeriu que eu fizesse uma viagem solo ao seu país natal e descansasse. FrantiškovyLázně foi ideia dela, principalmente porque há alguns anos ganhou o título de cidade termal mais bonita do país. À medida que cada manhã seguindo essa rotina passava e eu me sentia cada vez mais descansada e revitalizada, comecei a me perguntar: o que dá esse poder a essas águas? A resposta é simples. Durante milhares de anos, as pessoas viajaram para lugares em que as águas termais fluíam da terra para a superfície. Essas águas, muitas vezes aquecidas pela própria terra, carregam consigo minerais essenciais que nos curam e nos aliviam de nossas vidas modernas e estressantes. Seja bebendo, como fiz logo de manhã, ou mergulhando nelas, as propriedades curativas que elas nos oferecem são realmente únicas. Ao longo dos anos, estudos mostraram que a água sulfurosa do tipo encontrado em FrantiškovyLázně pode fortalecer o sistema imunológico, ter poderosos efeitos relaxantes, reduzir a dor e afetar as inflamações. O que posso atestar com certeza é que meus níveis de ansiedade – especialmente em relação ao trabalho – diminuiram significativamente em muito pouco tempo.

A beleza de lugares como FrantiškovyLázně é que, além das muitas experiências maravilhosas com as águas termais, existem também outras atividades relaxantes a poucos passos de distância. FrantiškovyLázně é famosa por um tipo de banho de lama que utiliza o poder de um determinado tipo de terra, curativa e rica em minerais, para limpar a pele. Eu experimentei e a sensação de ter lama quente cobrindo meu corpo foi muito mais agradável do que eu esperava.

Além do banho de lama, há muitas outras coisas para descobrir. FrantiškovyLázně é o lar de um dos calçadões centrais mais lindos que já vi. A rua encontra-se cercada em ambos os lados por dezenas de centros de banhos termais, muitos deles alojados em elegantes edifícios do século XIX, feitos de mármore e com esculturas e desenhos intrincados. Entre esses edifícios há charmosos cafés com frescas iguarias locais, bem como restaurantes que servem as deliciosas cozinhas tcheca e europeia. Nos intervalos entre as sessões de banho, muitas vezes eu fazia longas caminhadas pelo calçadão, pelos jardins bem cuidados e pelos parques próximos. Se ficasse com fome, simplesmente entrava em qualquer um dos muitos restaurantes para comer um pedaço de salmão acompanhado de legumes frescos ou dos bolinhos locais. Havia até um teatro na cidade e várias áreas esportivas para quem gosta de vôlei, petanca ou frisbee.

Vue sur la promenade de Františkovy Lázně, avec les thermes des deux côtés.
Uma visão do calçadão de Františkovy Lázně, com águas termais em ambos os lados.

Em FrantiškovyLázně, terminei a maior parte dos dias de maneira muito semelhante à forma como os iniciei. Quando a luz diminuía e o crepúsculo se aproximava, eu vestia meu maiô e caminhava até uma parte da piscina que dava para uma densa floresta com árvores de um verde profundo. Ali, com o céu levemente rosado, eu flutuava na água morna e observava os pássaros voando no céu. Então, eu fechava meus olhos e entrava em um estado meditativo. Tudo o que eu podia sentir era a água batendo contra minhas bochechas e borbulhando em volta das minhas pernas. Tudo o que eu podia ouvir era o débil ruído da água vindo de baixo. Era uma experiência incrivelmente bela e relaxante.

Martha Cohen, Montreal, Canadá.

O que considerar antes de viajar

load more

Dicas para considerar enquanto viaja

A Europa pelos olhos de uma criança

Viajar internacionalmente com crianças pode ser difícil por uma série de razões, mas um dos aspectos mais complicados de planejar uma viagem pode ser se adequar aos gostos e interesses de todos. Enquanto passar um tempo em museus ou ir a uma degustação de vinhos seja suas férias ideais, estas atividades possivelmente não se adequam aos pequenos. Isto não significa que sua viagem tenha que ser voltada para as crianças, mas você pode tentar incluir pelo menos uma atividade por dia para elas.

Turismo com bom gosto

Se você gosta tanto de cozinhar quanto gosta de viajar, por que não combinar essas duas paixões e embarcar na mais nova viagem gustativa? Com o turismo gastronômico em alta, os viajantes do mundo todo conseguem ter uma perspectiva única quanto à culinária nativa do país, e como ela é preparada enquanto vivencia a cultura local, belas vistas e atrações. Experimente fazer uma aula de culinária na Europa e aprenda os segredos culinários dos chefs mundialmente renomados em alguns dos cenários mais espetaculares do continente. Aprenda a fazer paella em Valência, como se produz queijo no Sul da França, ou sobre abater um leitão no interior inglês.