Terras Geladas

Procurando os melhores destinos da Europa? Faça uma visita entre novembro e fevereiro, período do inverno europeu. O céu do norte está raiando, as pistas de esqui estão fresquinhas e mercados de Natal são mágicos.

O inverno desértico do norte da Suécia é uma experiência mágica

Todo inverno, o Icehotel em Jukkasjärvi é construído do zero utilizando 2.500 cubos gigantescos de gelo tirado da cadeia serrada do Rio Torne e 30.000 toneladas de neve e gelo. O hotel tem igreja, salão de exposição, lobby, bar e 65 quartos, incluindo 15 “art suites”, e foi decorado individualmente por artistas de diferentes nacionalidades.  Durante o dia, o trabalho está aberto ao público. Caminhar pelo ventre de uma baleia gelada em uma suíte ou pela multidão de estátuas de gelo em outra e deparar-se com um dragão de gelo transparente congelado são experiências excêntricas e alegres.

Aventura ártica no hotel mais gelado do mundo

Mas este hotel é apenas um dos destaques de uma região extraordinária. Trenós puxados por cachorros ou por renas são agradáveis, mas a emoção de ligar um snowmobile e dirigir pelo deserto do norte da Suíça é indescritível. Com a despedida do sol, a neve brilha, as árvores se tornam sombras, o vento chicoteia o seu visor, o seu mundo é reduzido a um deslizar de 40 km/h e uma pista de neve é iluminada por um farol. Entre os meses de setembro e março, os fantásticos redemoinhos de partículas carregadas, conhecidos como Luzes do Norte – ou aurora boreal – iluminam esta incrível paisagem de um cartão postal natalino.

Os mais procurados destinos de inverno da Eslovênia

Localizado a 2.202 metros de altitude, Kanin é o maior resort de esqui da Eslovênia. Faz parte dos Alpes Julian, uma montanha que perfura as nuvens do norte da Itália ao parque Nacional Triglav da Eslovênia. Cada cachoeira congelada, passagem estreita, desfiladeiro, caverna claustrofóbica ou montanha forrada por pinhos tem uma história para contar. Do alto, é possível ver os telhados inclinados de Bovec e o verde esmeralda do sinuoso rio Soča. Ao longo do cume fica a Itália e o reluzente mar Adriático. A praia está a duas horas dali.

O resort de esqui de Kanin oferece uma experiência emocionante nos Alpes

Podem existir encostas maravilhosas em Chamonix, na França, em Ischgl, na Áustria, ou em St. Moritz, na Suíça, mas Bovec e Kanin são segredos deliciosos. São os destinos menos conhecidos internacionalmente. Se os esquiadores quiserem percorrer as encostas ao sul de Kanin, podem pegar um ônibus para o lado italiano da montanha ao norte do país e passar pela experiência de esquiar em dois países num mesmo dia.

Compradores se divertem durante romântico período de inverno dos mercados natalinos de Viena

O inverno na Áustria congelará seu nariz e enrijecerá os dedos do seu pé, mas Viena no Natal derreterá seu coração como nenhuma outra cidade. De novembro a dezembro de cada ano, mais de 40 mercados festivos são montados na capital austríaca. O mais popular é o mercado City Hall, com 145 barracas, uma árvore de Natal de 32 metros e 27 quilômetros de fiação apenas por conta das decorações. É uma grande atração nesta época do ano.

Viena, a grande dama dos mercados natalinos

Cada mercado também tem seu próprio sabor. Por exemplo, o mercado em Rathausplatz é popular entre as famílias por conta de sua gama de atividades para crianças, que incluem desde fabricação de velas a cantos de Natal. No Mercado Velho de Freyung, realizado no coração do centro histórico da cidade desde 1772, as principais atrações são os artesanatos e os alimentos austríacos tradicionais.

É claro que esses mercados podem ser as joias do Natal de Viena, mas a trilha sonora de inverno da cidade é um tesouro da música ao vivo. Os eventos abrangem desde concertos do famoso coro Meninos de Viena e performances extravagantes na Opera House Estadual até concertos gratuitos da Filarmônica de Viena em Schönbrunn. O palácio e os jardins de Schönbrunn estão a apenas 15 minutos de Viena, de metrô. No século 17, inspirado originalmente no Palácio de Versalhes, de Paris, foi usado como residência de verão dos Habsurgos. Hoje é o local mais visitado de toda a Áustria. Além dos quartos imperiais, da arte em grande escala, dos intermináveis jardins e do zoológico mais antigo do mundo, fundado em 1752, há um mercado de Natal glorioso.